Técnicas e conselhos para a manutenção das ferragens de alumínio

As ferragens de alumínio são uma das opções mais utilizadas na actualidade em todo tipo de portas e móveis. A excelente qualidade e resistência deste material é a principal razão do seu êxito.

No entanto, é importante recalcar aos clientes a necessidade de dar uma adequada manutenção a estas peças, para que estejam sempre em perfeitas condições.

Vantagens de utilizar ferragens de alumínio

 

A instalação deste tipo de ferragens oferece inúmeras vantagens, tanto ao instalador como ao cliente final. Na listagem, destacam:

O alumínio tem um aspecto elegante, que o torna no complemento perfeito para a decoração de diversos tipos de móveis e espaços. O seu acabamento perfeito também se mantem com o passar do tempo.

O seu desenho é tão preciso que resultam muito funcionais. Além disso, são o reforço perfeito para qualquer estrutura.

São fabricados em diversos tamanhos e formas, razão pela qual encaixam bem em qualquer móvel.

O alumínio é um material resistente à ferrugem (à oxidação). Portanto, estas ferragens têm uma vida útil muito longa.

Oferecem uma excelente relação qualidade-preço.

São leves, pelo que favorecem o bom funcionamento de qualquer porta.

A combinação de todos estes factores faz com que as ferragens de alumínio sejam a opção preferida na instalação profissional de móveis.

Por quê é que precisam de manutenção?

A manutenção das ferragens de alumínio é essencial para obter um bom funcionamento das mesmas e garantir a durabilidade na estrutura ao longo dos anos.

A verdade é que o alumínio é um dos materiais com mais resistência. De facto, não enferruja (não se oxida) nem se deteriora facilmente. Isto faz com que a maior parte das pessoas pensem que não é necessário realizar qualquer manutenção neste tipo de ferragens.

Na realidade, aplicar uns conselhos básicos de limpeza e manutenção destas peças é a melhor maneira de garantir que não apareçam danos durante toda a sua longa vida útil. Portanto, também ajuda a que os móveis estejam em perfeitas condições apesar do passar do tempo.

Técnicas infalíveis para manter as ferragens de alumínio em perfeitas condições

A manutenção das ferragens fabricadas em alumínio depende em boa medida das condições climáticas às quais estão expostas. Se não lhes afectar nem a chuva nem o ar, com actuar duas vezes ao ano será mais do que suficiente. No entanto, se residirmos em zonas com uma grande quantidade de humidade ou expostas a um elevado nível de contaminação, é recomendável realizar a manutenção aproximadamente cada dois meses.

Essencialmente, as ferragens de alumínio necessitam uma limpeza com um trapo, que retire o pó, a sujidade e a gordura acumulados. Evidentemente, não devemos usar produtos abrasivos, que possam danifica-las.

Resulta igualmente importante ter em conta que as dobradiças mais modernas não requerem da mesma lubrificação que se  dava a estas ferragens há uns anos. Se não funcionarem correctamente, a melhor opção é desmontá-las e limpa-las devidamente dado que os lubrificantes somente conseguirão adicionar sujidade, especialmente aqueles que são elaborados com ingredientes oleosos.

Finalmente, recomenda-se realizar uma inspecção das ferragens, especialmente dos mecanismos de fecho, pelo menos uma vez ao ano. O passar do tempo pode provocar pequenos desajustes, como parafusos soltos ou pequenos deslocamentos da folha, que são facilmente ultrapassáveis. 

Ainda que estas peças são muito resistentes e de grande qualidade, controlar o estado das ferragens de alumínio instaladas nos móveis é um requisito indispensável para garantir que o passar do tempo no lhes tenha provocado pequenos danos. Desta maneira, teremos as máximas garantias das suas funcionalidades nos móveis nos quais forem aplicadas com o passar do tempo e a longo prazo.

Na Emuca somos especialistas em ferragens para móveis e queremos oferecer-lhe as melhores soluções e conselhos para o seu negócio. Não duvide em contactar connosco e visitar o nosso site para mais informação.

Você gostou? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Postagem Relacionada