Back to top
Loading…
emuca - vida en los muebles

Vai ser eliminado este carrinho de compras ¿Tem a certeza?

Acedendo à área privada Emuca - Vida en los muebles

Forum técnico

Queremos tirar as principais dúvidas técnicas que possam surgir acerca do funcionamento dos nossos produtos e dos passos e processos necessários para a sua montagem.

Puxadores para móveis

Em condições de uso normais os puxadores não devem descascar-se dentro do período normal de vida útil.

Dependendo do acabamento devemos ter em conta que os electrolíticos (niquelado e cromado) permanecem mais inalteráveis no tempo que os que são pintados (pintado alumínio).

Consoante o seu processo de fabrico aos puxadores electrolíticos adiciona-se-lhes uma capa metálica sobre a superfície e no caso dos pintados somente pintura.

A utilização de produtos de limpeza ou desengordurantes nos puxadores, pode danificar ou modificar o acabamento superficial, tornando os mesmos mais sensíveis à oxidação e ao seu deterioro.

 Para mudar os puxadores de um móvel por outros novos, temos de ter em conta a medida dos furos para aproveita-los. No caso dos pomos de um só furo, isto é simples e poderemos escolher qualquer modelo dado que a furação irá coincidir. Se pelo contrário, temos mais do que um furo, temos de medir de centro a centro dos furos. Esta medida é a que irá determinar o puxador que precisamos para a sua fácil instalação sem ter de fazer novos furos.

Verifique sempre que a medida é um múltiplo de 32mm, dado que normalmente costuma sê-lo: 32, 64, 96, 128, 160, 192, etc. Se assim não for, será necessária uma medida especial de puxador ou bem tapar os furos do anterior puxador com algum produto para esse efeito.


Devemos ter sempre presente as possíveis marcas que se tenham gerado por causa do transcurso do tempo. Um puxador novo dá um aspecto novo às portas e é uma grande solução para dar um toque novo a um móvel com um custo muito reduzido.

Para a instalação de um puxador ou de um pomo é necessário um furo com broca para madeira ou metal consoante o material de la porta. Além disso precisaremos dos parafusos adequados para a espessura da porta, os quais devem de atravessa-la na sua totalidade, para poder roscar um pouco no puxador.

Pelo contrário, se se desejar substituir um puxador por outro novo que coincida nas referidas medidas de furação, é suficiente o uso de uma chave de fendas ou estrela.

Se o parafuso for para madeira do tipo autorroscante, devemos previamente medir a espessura da porta para que o mesmo não atravesse e marque a parte traseira da porta.

 Instalar um puxador é muito simples, só temos de aparafusar um parafuso normalmente de métrica 4 atravessando a frente da gaveta ou da porta desde a parte traseira. O parafuso deve de ser o suficientemente comprido para atravessar a espessura da frente da gaveta ou da porta, mais o que roscamos no puxador para que fique bem fixo. Tenha sempre presente que nas gavetas, podemos encontrar-nos com uma dupla espessura em alguns casos.

 A principal diferença entre um puxador e um pomo é sua forma, que normalmente está associada ao número de furos. Os pomos têm uma forma mais compacta e possuem apenas um só furo, se bem que existem alguns que para fixar a sua posição e evitar a sua rotação têm um segundo furo. Pelo contrário os puxadores costumam ser compridos e costumam ter no mínimo 2 furos, consoante o seu tamanho.

Para instalar um puxador encastrado ou embutido numa gaveta ou numa porta é necessário realizar uma mecanização prévia com uma fresa e nalguns casos poderia ser apenas preciso um furo.

No caso de que o mesmo seja circular, encontraremos fresas para uso com furo, pelo que não precisaremos de uma ferramenta tão específica como uma fresa. Encontraremos com facilidade em diferentes diâmetros, pelo que teremos que fixar-nos apenas no diâmetro de encastre e teremos de ver se o puxador embutido dispõe de uma aba suficiente para tapar as possíveis marcas que se possam vir a produzir no canto. No caso de que a aba seja muito pequena e que tenhamos medo de que possam ver-se imperfeições, especialmente nos casos de portas post-formadas ou de melamina, recomendamos a utilização de fresas bem afiadas para evitar esta situação.

No caso de puxadores com formas, aqui sim já é necessário o uso de uma fresadora com recurso à fresa mais adequada para o encastre a realizar.

Uma vez realizada a introdução do puxador, chega o momento de fixa-lo. Alguns puxadores vão dotados de um pequeno furo para pode-lo aparafusar pelos laterais interiores e em outras ocasiões vão equipados com furos passantes. Outra opção, é fixa-lo com algum tipo de cola de contacto.

É sobretudo importante que tenhamos presente a profundidade a embutir e a espessura da porta, fazendo uso de um batente para que não cheguemos a marcar do lado interno da porta. 

Caixa de correio de preguntas

Você não pode encontrar a informação que você precisa? Levanta suas questões técnicas sobre nossos produtos e nosso departamento técnico vai resolver.