Back to top
Loading…
emuca - vida en los muebles

Vai ser eliminado este carrinho de compras ¿Tem a certeza?

Acedendo à área privada Emuca - Vida en los muebles

Forum técnico

Queremos tirar as principais dúvidas técnicas que possam surgir acerca do funcionamento dos nossos produtos e dos passos e processos necessários para a sua montagem.

Iluminação para móveis

Dependendo do sistema de iluminação LED que escolhamos poderemos usar um sensor ou outro, consoante a sua compatibilidade. Na seguinte tabela poderá encontrar a compatibilidade que existe ente os diferentes sensores e os diferentes sistemas de iluminação.

¿Que sensor posso montar com os diferentes sistemas de iluminação LED que existem no catálogo da Emuca?

O sensor Poin Switch duplo trata-se de um sensor interruptor comutado que dispõe de dois detectores para poder acender e apagar o sistema de iluminação a partir de diferentes pontos, por exemplo em cabaceiras de cama ou roupeiros que possuam módulos independentes.

Sim, com um sensor capacitivo Spirit podem-se controlar tantos sistemas de iluminação como se queira. Sempre e quando não se exceda a potência de 80 W admissível máxima do próprio sensor capacitivo.

O sensor Spirit pode ser instalado de forma oculta por detrás de vários materiais:
- Madeira, aglomerado e MDF com uma espessura de até 32 mm.
- Plástico com uma espessura de até 22mm.
- Cristal com uma espessura de até 12mm.
- Aplicado sobre um espelho não é compatível e não se garante o seu funcionamento.

O sensor Micron permite a ligação de vários sistemas de iluminação com apenas um só transformador (sempre e quando não exceda a potência de 24 W), dado que pode conectar-se a 12V DC (depois do transformador).

Graças à sua função dímer poderá aumentar ou reduzir o fluxo luminoso de 100% a 5% num intervalo progressivo com una pulsação comprida (demorada, mantendo o dedo mais tempo pulsando o sensor), enquanto para acender ou apagar todos os sistemas de iluminação basta com uma pulsação curta sobre o sensor.

 Um sensor dimmer é um dispositivo que permite controlar a intensidade da luz de um ou de vários sistemas de iluminação, sendo que desta forma pode-se reduzir ou aumentar o fluxo luminoso, sempre e quando as propriedades do sistema de iluminação assim o permitam.

Isso dependerá das características do sistema de iluminação para poder-se regular ou não a intensidade com um sensor dimmer.

Nos sistemas de iluminação presentes no nosso catálogo, de uma forma geral, podemos regular a intensidade em todos os sistemas de iluminação que se ligam a transformadores de 12 V DC. Sempre e quando o sensor dimmer seja conectado (ligado) depois do transformador de 12 V DC e seja igualmente respeitada a potência máxima de ligação indicada no respectivo dimmer (FACTORES MUITO IMPORTANTES).

Pelo contrário, não podemos regular a intensidade dos sistemas de iluminação que necessitam uma intensidade constante de 350 mA (transformadores de 350mA), nem dos sistemas de iluminação que se ligam directamente à corrente (rede através de corrente alterna AC), dado que nestes casos já têm o transformador integrado.

Quando isto acontece, deve-se ter em conta que o controlador (olho do sensor) acende o interruptor de saída quando detecta o movimento de um corpo humano.

Ou seja, o controlador (olho do sensor) não detecta movimentos de objectos, como por exemplo o movimento de uma porta, mas sim de pessoas ou de calor humano.

Além disso para que o mesmo possa movimento, deve-se interferir entro do seu raio de detecção. O sensor Twelfy MOTION dispõe de um raio de detecção de 2 metros e de um ângulo de 90º.

A diferença principal é a posição na qual os mesmos são colocados na instalação.

Os sensores a 12V (Twelfy) colocam-se entre o sistema de iluminação e o transformador. Por este motivo o transformador está sempre a trabalhar.

Os sensores a 240V (Red eye) instalam-se entre o transformador e a tomada ou fonte da rede eléctrica.

A grande vantagem do sensor a 12V (Twelfy) é que permite a ligação de até com um só transformador (potência máxima admissível 40W), no entanto os sensores a 240V (Red eye) precisam de dois transformadores.

¿Qual é a diferença entre os sensores a 12V (Twelfy) e os sensores a 240V (Red eye)?

Os sensores Red eye que funcionam a 240V AC diferenciam-se consoante a sua funcionalidade e as suas necessidades:

“Preciso de um sensor que acenda e apague o sistema de iluminação como um interruptor mas sem ter de o tocar fisicamente nem ao seu móvel”.
SWITCH. Red Eye 1 (interruptor) Cod. 7001520. Sistema de detecção por proximidade ON/OFF, que se acende ou se apaga quando se interfere no seu raio de detecção de 5 cm.

“Preciso um sensor que acenda o sistema de iluminação quando se abrir a porta do roupeiro e que se apague quando se feche o mesmo”.
DOOR. Red Eye 3 (proximidade) Cod. 7001720. Sistema de detecção por proximidade sempre ON, que só se apaga quando se interfere no seu raio de detecção de 5 cm.

“Preciso um sensor que acenda o sistema de iluminação quando detectar qualquer movimento de um corpo humano e que se apague automaticamente após um determinado tempo, sempre e quando não detectar o movimento de um corpo humano. Sistema ideal para closets e roupeiros”.
MOTION. Red Eye 4 (movimento) Cod. 7001820. Sistema de detecção de movimento, que se acende quando se interfere no seu raio de detecção de 2,5 m e para o qual se pode igualmente regular de 10 segundos a 3 minutos o seu apagado.

“Preciso um sensor que acenda o sistema de iluminação através do contacto com uma superfície metálica, ideal para molduras de cama”.
METAL. Red Eye 5 (táctil) Cod. 7001920. Sistema de detecção por contacto com uma superfície metálica. Raio de detecção e/o funcionamento regulável consoante a sua necessidade.

Quando isto acontece, deve-se ter em conta que o controlador (olho do sensor) acende o interruptor de saída quando detecta o movimento de um corpo humano.

Ou seja, o controlador (olho do sensor) não detecta movimentos de objectos, como por exemplo o movimento de uma porta, mas sim de pessoas ou de calor humano.

Além disso para que o mesmo possa movimento, deve-se interferir entro do seu raio de detecção. O sensor Red Eye 4 MOTION dispõe de um raio de detecção de 2 metros e de um ângulo de 90º.

Isto acontece quando a porta tem um acabamento preto brilhante ou similar. O sensor não detecta a porta porque a superfície absorve a emissão infravermelha do sensor.

Deverá por isso usar a etiqueta adesiva prateada que é fornecida juntamente com o sensor e instala-la no raio de detecção do sensor, que é no máximo de 5 cm.

A etiqueta adesiva prateada utiliza-se quando a porta tem um acabamento preto brilhante ou similar. Neste caso o sensor não detecta a porta porque a superfície absorve a emissão infravermelha do sensor.

Para que o sensor funcione correctamente deve pôr esta etiqueta no raio de detecção do sensor, que é no máximo de 5 cm.

A porca embelezadora deve-se usar sempre e quando não se dispuser de outra superfície metálica para activar o sensor táctil, sendo que além disso é também a opção esteticamente preferida. Embora o sensor táctil Red Eye 5 metal possa também ser ligado através de qualquer elemento metálico condutor para accionar o sensor, como por exemplo ao próprio sistema de iluminação.

Caixa de correio de preguntas

Você não pode encontrar a informação que você precisa? Levanta suas questões técnicas sobre nossos produtos e nosso departamento técnico vai resolver.