Back to top
Loading…
emuca - vida en los muebles

Vai ser eliminado este carrinho de compras ¿Tem a certeza?

Acedendo à área privada Emuca - Vida en los muebles

Forum técnico

Queremos tirar as principais dúvidas técnicas que possam surgir acerca do funcionamento dos nossos produtos e dos passos e processos necessários para a sua montagem.

Iluminação para móveis

Dependendo do sistema de iluminação LED que escolhamos poderemos usar um sensor ou outro, consoante a sua compatibilidade. Na seguinte tabela poderá encontrar a compatibilidade que existe ente os diferentes sensores e os diferentes sistemas de iluminação.

¿Que sensor posso montar com os diferentes sistemas de iluminação LED que existem no catálogo da Emuca?

Os nossos transformadores LED não possuem as características necessárias para trabalhar juntamente com reguladores de intensidade (dimmer) no primário (110~240V AC, 50~60Hz).

No entanto sim dispomos de dispositivos que podem regular a intensidade (dimmer) no secundário (12V-24V DC). Como podem por exemplo ser os seguintes:

- Lynx switch/dimmer (cod. 5203620).
- Spirit switch/dimmer (cod. 5022617).
- Micron switch/dimmer (cod. 5053125).
- Dot switch/dimmer (cod. 50228).

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

Sim, com um sensor capacitivo Spirit podem-se controlar tantos sistemas de iluminação como se queira. Sempre e quando não se exceda a potência de 80 W admissível máxima do próprio sensor capacitivo.

O sensor Spirit pode ser instalado de forma oculta por detrás de vários materiais:

- Madeira, aglomerado e MDF com uma espessura de até 32 mm.

- Plástico com uma espessura de até 22 mm.

- Pedra com uma espessura de até 20 mm.

- Cristal com uma espessura de até 12 mm.

- Aplicado sobre um espelho o metai, não é compatível e não se garante o seu funcionamento.

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

O sensor Poin Switch duplo trata-se de um sensor interruptor comutado que dispõe de dois detectores para poder acender e apagar o sistema de iluminação a partir de diferentes pontos, por exemplo em cabaceiras de cama ou roupeiros que possuam módulos independentes.

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

O sensor Micron permite a ligação de vários sistemas de iluminação com apenas um só transformador (sempre e quando não exceda a potência de 24 W), dado que pode conectar-se a 12V DC (depois do transformador).

Graças à sua função dímer poderá aumentar ou reduzir o fluxo luminoso de 100% a 5% num intervalo progressivo com una pulsação comprida (demorada, mantendo o dedo mais tempo pulsando o sensor), enquanto para acender ou apagar todos os sistemas de iluminação basta com uma pulsação curta sobre o sensor.

 Um sensor dimmer é um dispositivo que permite controlar a intensidade da luz de um ou de vários sistemas de iluminação, sendo que desta forma pode-se reduzir ou aumentar o fluxo luminoso, sempre e quando as propriedades do sistema de iluminação assim o permitam.

Isso dependerá das características do sistema de iluminação para poder-se regular ou não a intensidade com um sensor dimmer.

Nos sistemas de iluminação presentes no nosso catálogo, de uma forma geral, podemos regular a intensidade em todos os sistemas de iluminação que se ligam a transformadores de 12 V DC. Sempre e quando o sensor dimmer seja conectado (ligado) depois do transformador de 12 V DC e seja igualmente respeitada a potência máxima de ligação indicada no respectivo dimmer (FACTORES MUITO IMPORTANTES).

Pelo contrário, não podemos regular a intensidade dos sistemas de iluminação que necessitam uma intensidade constante de 350 mA (transformadores de 350mA), nem dos sistemas de iluminação que se ligam directamente à corrente (rede através de corrente alterna AC), dado que nestes casos já têm o transformador integrado.

No seguinte vídeo mostra-se como se monta de uma forma simples a referida iluminação LED.

Quando isto acontece, deve-se ter em conta que o controlador (olho do sensor) acende o interruptor de saída quando detecta o movimento de um corpo humano.

Ou seja, o controlador (olho do sensor) não detecta movimentos de objectos, como por exemplo o movimento de uma porta, mas sim de pessoas ou de calor humano.

Além disso para que o mesmo possa movimento, deve-se interferir entro do seu raio de detecção. O sensor Twelfy MOTION dispõe de um raio de detecção de 2 metros e de um ângulo de 90º.

A diferença principal é a posição na qual os mesmos são colocados na instalação.

Os sensores a 12V (Twelfy) colocam-se entre o sistema de iluminação e o transformador. Por este motivo o transformador está sempre a trabalhar.

Os sensores a 240V (Red eye) instalam-se entre o transformador e a tomada ou fonte da rede eléctrica.

A grande vantagem do sensor a 12V (Twelfy) é que permite a ligação de até com um só transformador (potência máxima admissível 40W), no entanto os sensores a 240V (Red eye) precisam de dois transformadores.

¿Qual é a diferença entre os sensores a 12V (Twelfy) e os sensores a 240V (Red eye)?

Os sensores Red eye que funcionam a 240V AC diferenciam-se consoante a sua funcionalidade e as suas necessidades:

“Preciso de um sensor que acenda e apague o sistema de iluminação como um interruptor mas sem ter de o tocar fisicamente nem ao seu móvel”.
SWITCH. Red Eye 1 (interruptor) Cod. 7001520. Sistema de detecção por proximidade ON/OFF, que se acende ou se apaga quando se interfere no seu raio de detecção de 5 cm.

“Preciso um sensor que acenda o sistema de iluminação quando se abrir a porta do roupeiro e que se apague quando se feche o mesmo”.
DOOR. Red Eye 3 (proximidade) Cod. 7001720. Sistema de detecção por proximidade sempre ON, que só se apaga quando se interfere no seu raio de detecção de 5 cm.

“Preciso um sensor que acenda o sistema de iluminação quando detectar qualquer movimento de um corpo humano e que se apague automaticamente após um determinado tempo, sempre e quando não detectar o movimento de um corpo humano. Sistema ideal para closets e roupeiros”.
MOTION. Red Eye 4 (movimento) Cod. 7001820. Sistema de detecção de movimento, que se acende quando se interfere no seu raio de detecção de 2,5 m e para o qual se pode igualmente regular de 10 segundos a 3 minutos o seu apagado.

“Preciso um sensor que acenda o sistema de iluminação através do contacto com uma superfície metálica, ideal para molduras de cama”.
METAL. Red Eye 5 (táctil) Cod. 7001920. Sistema de detecção por contacto com uma superfície metálica. Raio de detecção e/o funcionamento regulável consoante a sua necessidade.

Quando isto acontece, deve-se ter em conta que o controlador (olho do sensor) acende o interruptor de saída quando detecta o movimento de um corpo humano.

Ou seja, o controlador (olho do sensor) não detecta movimentos de objectos, como por exemplo o movimento de uma porta, mas sim de pessoas ou de calor humano.

Além disso para que o mesmo possa movimento, deve-se interferir entro do seu raio de detecção. O sensor Red Eye 4 MOTION dispõe de um raio de detecção de 2 metros e de um ângulo de 90º.

Isto acontece quando a porta tem um acabamento preto brilhante ou similar. O sensor não detecta a porta porque a superfície absorve a emissão infravermelha do sensor.

Deverá por isso usar a etiqueta adesiva prateada que é fornecida juntamente com o sensor e instala-la no raio de detecção do sensor, que é no máximo de 5 cm.

A etiqueta adesiva prateada utiliza-se quando a porta tem um acabamento preto brilhante ou similar. Neste caso o sensor não detecta a porta porque a superfície absorve a emissão infravermelha do sensor.

Para que o sensor funcione correctamente deve pôr esta etiqueta no raio de detecção do sensor, que é no máximo de 5 cm.

A porca embelezadora deve-se usar sempre e quando não se dispuser de outra superfície metálica para activar o sensor táctil, sendo que além disso é também a opção esteticamente preferida. Embora o sensor táctil Red Eye 5 metal possa também ser ligado através de qualquer elemento metálico condutor para accionar o sensor, como por exemplo ao próprio sistema de iluminação.

Caixa de correio de preguntas

Você não pode encontrar a informação que você precisa? Levanta suas questões técnicas sobre nossos produtos e nosso departamento técnico vai resolver.