Emuca

Como funcionam os kits para armários embutidos?

Já todos deslizámos portas de armários mil e uma vezes, mas raramente teremos reparado no mecanismo que permite a estes painéis mover-se de forma suave. Ora, essa maravilha que nos ajuda uma e outra vez a abrir e fechar armários com total comodidade são os chamados kits para armários embutidos.

Por vezes, podem ser uma dor de cabeça para qualquer pessoa. Podem ficar presos, sair das calhas ou, simplesmente, partir. Por isso, decidimos colocar à sua disposição um breve guia com tudo aquilo que marca os melhores e mais funcionais kits.

Na Emuca, queremos aproveitar a nossa experiência para lhe proporcionar a melhor orientação em termos de soluções de mobiliário, acessórios e complementos para a sua casa.

Kits para armários embutidos: como devem ser?

Os kits para armários embutidos são conjuntos de peças fabricadas com precisão milimétrica, que suportam as portas ou painéis dos armários, de modo a fazê-las deslizar com maior suavidade ao abrir e fechar.

A sua função é fazer com que estes painéis ou tabuleiros não fiquem presos nas calhas do armário, servindo ainda de apoio àqueles tabuleiros que, pelas suas dimensões, são pesados.

Estes elementos têm de ser simultaneamente fortes e leves, muito bem desenhados, de modo a não apresentarem pontos de obstrução, e feitos com materiais de ótima qualidade. Devem igualmente adaptar-se às diferentes dimensões dos vários tipos de móveis onde podem ser aplicados. Os kits para armários embutidos podem ser duplos, com mecanismos de travagem para controlar a rapidez de abertura e fecho das portas, e com diferentes rolamentos, dependendo das características do móvel.

Podem também ser classificados em função da posição em que são instalados, como apenas superiores, apenas inferiores ou simultaneamente superiores e inferiores. Esta característica irá depender, naturalmente, do peso da porta a mover.

Materiais

Os melhores kits para armários embutidos são feitos de materiais resistentes à corrosão, ligeiros e ao mesmo tempo fortes, duradouros e resistentes à deformação, com grande capacidade de carga, de modo a constituírem um suporte fiável para os painéis que vão deslocar.

É possível encontra-los em:

  • Aço: material de qualidade comprovada, inoxidável e capaz de assegurar força e durabilidade ao longo de anos de constante utilização.
  • Alumínio: estas ligas são materiais mais leves que o aço, mas verdadeiramente adaptáveis e maleáveis, além de resistentes à corrosão.
  • Plástico: este material é utilizado nos kits para armários embutidos, sobretudo nos revestimentos de rolamentos e de algumas juntas que é importante proteger.

Que elementos deve incluir um kit para armários?

Embora estes elementos e as suas características possam variar de modelo para modelo, existem componentes que são essenciais. Entre eles, estão:

  • Calhas ou perfis: guias metálicas onde são instalados os rolamentos. São colocadas na parte superior e inferior dos armários, onde ficam embutidas. É por este motivo que estes kits indicam quantos milímetros de espessura têm de ter os painéis compatíveis, que terão de caber nestes perfis.
  • Unidades de rolamentos: são os “carros” onde se encontram os rolamentos. Fabricadas em ligas metálicas, por exemplo de aço, com rodas de plástico ou de aço. Permitem o deslizamento suave e contínuo dos painéis. Os sistemas mais sofisticados incluem recursos anti-descarrilamento e limites ajustáveis, anti-salto, na unidade superior.
  • Dispositivos de travagem: são elementos de retenção que se colocam na parte de cima da porta e que possuem pistões hidráulicos para que o fecho seja gradual, suave e preciso. Este sistema suporta pesos de entre 30 kg a 50 kg.
  • Dobradiças: algo invulgares em sistemas de deslizamento. Na Emuca, possuímos o sistema de fecho de portas “Twofold”, que junta fecho por deslizamento a portas suportadas por dobradiças. Este sistema emula o formato dos painéis dos biombos, dobrando e desdobrando os painéis das portas do armário.
  • Ferragens: são todos aqueles acessórios que integram os kits para armários embutidos. Entre eles, podemos encontrar parafusos, porcas, chaves Allen, proteções contra poeira e outros.

O que deverei ter em conta para conseguir o melhor nestes sistemas?

Como vimos, estes kits são compostos por grande número de elementos. No entanto, o mais importante na hora de adquirir o melhor é certificar-se de que o sistema se adapta aos painéis do seu armário e suporta o peso dos mesmos.

Tenha também em conta a espessura do painel onde irá colocar as calhas, de modo a que estas fiquem embutidas e não ocorram problemas de instalação. Regra geral, são necessários uns 16 mm a 18 mm.

Em suma

Estes kits são essenciais para uma boa abertura e fecho dos seus armários, pelo que é importante verificar sempre cada elemento integrante destes kits para armários embutidos.

Todos os fatores são importantes, desde o material em que são fabricados ao sistema de travagem incluído: conhecedora de todos estes pequenos detalhes, a Emuca tem os sistemas mais tecnologicamente adaptados às suas, para que escolha os kits ideais, sem renunciar ao estilo, ao design, enfim, à beleza.

Você gostou? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Postagem Relacionada

Inscrever-se para receber notificações
Você se inscreveu para receber as notificações
Você bloqueou notificações
Clique para subscrever notificações
Obrigado por se inscrever!
Você se inscreveu para receber as notificações
Você não receberá notificações novamente
Gerenciar notificações de sites
ASSINAR
NÃO ASSINAR
Desbloquear notificações
Siga estas instruções para permitir notificações: